Conto de Farsas


Era uma vez um cidadão engraçado

um tanto alienado

que só sabia reclamar