nó passarinho

quando sua voz canta a palavra amorzinho um girassol acena pra uma nuvem e uma formiga descansa numa pedra os dias são mais simples quando a gente deita numa tarde e espera o entardecer da grama e se a gente fica junto depois da dormida do sol tem até estrelas que saem pro quintal à noite [dizem que três delas ficam cochichando sobre a gente torcendo pra esse nosso lance não virar nublado] se o tempo fechar e o azul ficar apagado a gente faz igual os passarinhos: senta num galho e canta quando tudo passar é só a gente ficar se gracejando entre pios tirar um dia pra ver um arco-íris nascendo piscar pra uma noite sorrindo no sul de minas



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

abandono

hoje mais um sonho meu foi embora sem se despedir